Desenho

Tradicionalmente o desenho consiste na representação gráfica de formas bidimensionais sobre uma superfície que varia entre papel, pergaminho, tecido, tela, madeira, metal ou pedra. Há basicamente dois tipos de instrumentos para riscar essas superfícies: os instrumentos secos – lápis grafite, cera, giz, carvão, e pastel – e os instrumentos úmidos – bico de pena ou pincel.

O lápis é considerada a principal ferramenta do desenho, já que oferece tanto a flexibilidade nos contornos, quanto a precisão nos detalhes do que se quer desenhar. No entanto, para a expressão artística, a escolha dos materiais estará intimamente relacionada à intenção do projeto final.

O desenho representa ideias que variam desde as primeiras manifestações infantis até os mais complexos processos nas artes e na ciência. Portanto, pode-se compreender o desenho como rabisco, esboço, traço, expressão, ilustração, projeto, registro, caligrafia ou linguagem. Ao fazer parte do processo artístico, muitas vezes o desenho leve, ou croqui, é o registro de ideias para fins mais complexos na pintura, escultura, ou arquitetura. Por sua vez, o desenho técnico normalmente visa à especificação de projetos que envolvam precisão geométrica e  indicações para a representação no espaço tridimensional.

Desde a prática do modelo vivo nas Academias, uma das técnicas mais conhecidas é o sombreado, usado para desenhar partes mais escuras com o intuito da representação do mundo visível. Hoje o conceito de desenho tem-se ampliado para o emprego de linhas elaboradas com qualquer material, em qualquer dimensão e sobre suportes variados.

Desenho a carvão

O carvão é o mais antigo material de desenho utilizado pelo homem.  Ele é obtido a partir de paus de madeira queimada. O carvão permite tanto o traçado de linhas quanto o sombreamento dos objetos. Para espalhar o carvão na superfície são utilizadas ferramentas tais como o esfuminho, para tirar o excesso de pigmentação ou para disseminá-la no plano.

Desenho a pastel seco

O uso do pastel seco remonta ao século XV, apesar de ter sido amplamente utilizado no século XVIII.  A técnica do desenho a pastel seco consiste na utilização de um giz artificial, ou um lápis pastel, sobre cartão, ou outro tipo de papel poroso. Uma vez utilizado, torna-se muito difícil apagá-lo sem deixar vestígios. Para evitar a mistura de cores e manchas é necessário um cuidado especial com a limpeza do material e do papel. Quanto à técnica, geralmente se começa por tonalidades que variam das mais escuras para as mais claras.

Desenho a lápis de cor

Como o próprio nome já diz, lápis de cor são lápis preenchidos com pigmentos coloridos, à base de goma ou de óleo. Seu uso é disseminado, uma vez que permite a aproximação com a realidade através de efeitos variados e ajuste de contornos.

Desenho a grafite

O grafite é o material mais utilizado para desenhar. Inicialmente o grafite era combinado à argila, mas depois o processo de fabricação foi aprimorado, permitindo a variação das espessuras desde o traço fino e limpo até o mais complexo dos sombreamentos.

Desenho a nanquim

O nanquim, ou tinta da China, de onde se origina, possui aproximadamente 3000 anos. Inicialmente o nanquim era feito a partir da mistura de carvão, óleo vegetal e gelatina, mas hoje possui como base o negro-de-fumo e a goma-laca.  O manejo da tinta nanquim, a partir da pena, das canetas de bambu, das canetas recarregáveis ou do pincel, exige a precisão do artista por causa da secagem rápida. A cor opaca do nanquim resulta em uma boa cobertura para o desenho. Somado a isso, o nanquim possibilita a variação de tonalidades de cinza quando dissolvido em água.

Desenho a crayon

O crayon é capaz de dar maior cobertura a desenhos, especialmente se aplicado em camadas. Ele tanto pode aumentar o realismo e a vivacidade das formas, quanto suavizar a sua aparência, permitindo um efeito mais leve. No entanto, a criação de pequenos detalhes é dificultada, graças ao alto teor de cera de parafina e pigmentação colorida, capaz de gerar traços mais espessos.

Vídeos

Desenho com carvão.
Ver vídeo

Grafite.
Ver vídeo

Grafite, técnica.
Ver vídeo

Grafite, desenho realista.
Ver vídeo

Lápis de cor.
Ver vídeo

Lápis de cor, técnica.
Ver vídeo