Mosaico

O mosaico consiste na formação de imagens a partir da organização e colagem de pequenas peças coloridas em uma superfície. Os materiais utilizados nas peças variam entre a pedra, o vidro, a cerâmica, o plástico e o papel, podendo ser unidos com cimento, argila mole, massa ou cola. Para a construção de um mosaico, primeiramente é necessário que haja um desenho em escala menor, a ser transferido para a escala real da superfície em que se deseja colar as peças. Trata-se de uma tarefa minuciosa, pois o processo requer concentração e habilidade manual por parte do artista. O resultado de cada mosaico é único, visto que cada pequeno pedaço é cortado de maneira artesanal, o que dificulta a repetição das formas utilizadas.

Essa técnica milenar, que remete aos sumérios, foi amplamente utilizada pelas culturas grega e romana na decoração de pilastras, paredes e pisos. Inicialmente os mosaicos eram construídos com motivos geométricos e se inspiravam na tapeçaria. Os antigos gregos, por exemplo, criavam quadros para representar os deuses da sua mitologia com seixos brancos, pretos e vermelhos. Já em Roma, os pavimentos em locais nobres eram feitos de mosaicos em terracota ou mármore, remetendo à vida cotidiana e às cenas de caça ou guerra.

A utilização dos mosaicos alcançou o apogeu no período em que o imperador Constantino permitiu a liberdade de culto aos cristãos, após a divisão do império romano no século IV da nossa era. São famosos os mosaicos da cidade de Ravena, remetendo às narrativas religiosas ou às imagens do imperador Justiniano e da imperatriz Teodora. Na época, o brilho do ouro dos mosaicos auxiliava a iluminar o ambiente sombrio das igrejas, remetendo à aura dos temas bíblicos e à pompa das vestes da realeza,

Vídeos

Mosaico, história.
Ver vídeo

Mosaico, ferramentas.
Ver vídeo

Mosaico.
Ver vídeo

Mosaico, arte islâmica.
Ver vídeo

Mosaico, arte geométrica.
Ver vídeo

Mosaico, Alhambra.
Ver vídeo

Mosaico, azulejos de Alhambra e relações geométricas.
Ver vídeo